Vagem

Phaseolus vulgaris

No livro “A Cura Popular pela Comida”, o médico Flávio Rotman define a vagem como um alimento de “fibra e raça”. É uma boa definição. A vagem contém apreciável quantidade de fibra, essencial para limpar e desintoxicar o intestino. A “raça” fica por conta do flúor, cálcio, fósforo, ferro, sódio, potássio, vitaminas A, C e B (principalmente B2, fundamental para o crescimento, reprodução e proteção da visão, mucosa da boca, lábios e pele em geral). É muito importante cozinhar a vagem no vapor, pois na água toda a vitamina B2 se dissolve. Isso vale principalmente se você for usá-la em saladas ou acompanhamentos. Se for utilizá-la em cozidos e sopas, tudo bem cozinhar no caldo dessas preparações, porque a vitamina, em boa parte, aí permanece; mas tenha o cuidado de acrescentá-la mais no fim do cozimento.

A vagem é um alimento “de primeira” para recuperar organismos debilitados e enfraquecidos, seja qual for a causa (doenças crônicas, após cirurgias ou acidentes etc.). É uma boa fornecedora de energia, também, e alimento com atividade terapêutica para os que comem muita carne e açúcar, porque esses precisam dar atenção especial ao bom funcionamento dos intestinos. É aí que a vagem faz uma verdadeira “faxina”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: