Tomilho

Thymus vulgaris

Na medicina caseira, usa-se toda a planta florida; na culinária, usam-se as folhas e os brotos, frescos ou secos e pulverizados. Tem timol e um sabor bem apimentado, “quente”. Vai bem nos molhos que acompanham raízes (cenoura, beterraba, nabo, bardana etc.), nas sopas, recheios para pepinos e tomates e nos pratos de repolho e leguminosas (feijões, ervilha, lentilha etc.). Atua principalmente no aparelho respiratório e digestivo.

O chá combate cólicas, gases, diarréia, corrimento vaginal e é um ótimo desinfetante em várias doenças gastrointestinais. É ingrediente de muitos licores de ervas dos Alpes como tônico estomacal. O médico suíço Martin Furlenmeier, espercialista em fitoterapia, recomenda o tomilho como calmante para os vários tipos de tosse, inclusive da bronquite purulenta e da coqueluche.

O banho com as folhas cozidas é indicado para o reumatismo e gota (em fricções), e para crianças raquíticas e debilitadas e pessoas nervosas. A Dra. Gudrun Burkhard, da medicina antroposófica, diz que em fricções externas combate ainda a escrufulose (tumores de gânglios linfáticos de natureza tuberculosa). É usado também em loções para feridas difíceis de curar e para anginas. Principalmente na Europa, comercializam-se vários preparados à base de tomilho, como remédios para a tosse, aditivos para banhos e emulsões.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: