Manjogome

Talinum triangulare

Por não ser consumido em larga escala – apesar de ser muito bem adaptado ao território nacional -, o manjogome ainda não foi suficientemente estudado e não há informações sobre suas propriedades. O agrônomo Jean Kleber A. Mattos, professor de Olericultura da Universidade de Brasília, diz que suas folhas são usadas em refogados. Ele reproduz em um trabalho uma receita de efó, prato típico baiano que pode ser preparado com folhas de manjogome, taioba, espinafre ou beterraba. Eis a receita: ferva as folhas de um molho bem grande de manjogome, escorra a água, bata-as com uma faca sobre uma tábua até o ponto de purê, passe numa peneira e espalhe bem a massa até que a água toda evapore e ela fique seca. A seguir, leve para uma panela, junto com meia xícara de azeite de dendê, meio quilo de camarões secos e tempere a gosto (alho, sal, cebola, pimenta-do-reino). Cozinhe com a panela tampada e em fogo baixo, e sirva com arroz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: