Jambu

Spilanthes oleracea

É muito usada na cozinha do Norte do Brasil: no peixe ou pato no tucupi, suas folhas verdes vêm no meio do ensopado, dando um “geladinho” anestesiante nos lábios e boca. O jambu tem a aparência e o valor nutritivo muito semelhantes ao agrião d’água e, na opinião do Dr. A. Balbach, pode ser um substituto do agrião. Por causa do seu sabor mais picante, provoca grande salivação quando é mastigado. Mesmo assim, ele pode ser usado como salada crua, sozinho ou misturado com outras folhas.

Também funciona como tempero nos tradicionais pratos da cozinha do Norte, dando-lhes um sabor exótico e muito estimulante. Tem muitas aplicações na medicina doméstica, também semelhantes às do agrião. O Dr. A. Balbach afirma que o jambu tem uma ação estimulante nos problemas digestivos e ajuda a combater a anemia e o escorbuto. O extrato das flores da planta alivia as dores de dente, nos casos de cárie aberta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: