Abobrinha

Curcurbita pepo

Curcurbita pepo

Tem cálcio, fósforo e ferro. Comparada com a abóbora-rasteira, tem vitaminas A, B e C e celulose em menor quantidade. Mas ainda assim é um alimento importante para regular os intestinos. Para aproveitar bem seus minerais e vitaminas, devemos prepará-la com casca. Basta uma boa lavada e depois uma raspadinha com uma faca ou, de preferência, com uma escova de cerdas duras.

Você pode usá-la em saladas (crua e ralada), refogados, suflês, sopas e caldos. Apenas nas sopas e nos caldos deve-se utilizar água para cozinhar a abobrinha. Nos outros casos ela cozinha na sua própria água. O tempo de cozimento é mínimo, o suficiente para deixar a abobrinha macia. Aí é só escolher um jeito apetitoso de saborear. Você pode rechear com queijo, pasta de ricota, ovo cozido ou sobras de legumes cozidos.

Pincele a abobrinha por fora e leve ao forno: é um prato rápido e que pode substituir a carne, principalmente quando o recheio for de ovo cozido. A abobrinha também pode ser usada como recheio em pastelões de forno, lasanhas, canelones e suflês. As flores à milanesa ficam saborosas, mas não se recomenda frituras para quem tem problemas de vesícula, má-digestão ou distúrbios intestinais.

Faça agora mesmo: Lasanha Light de Abobrinha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: